Os Açores - São Miguel

Aproveite os Açores

Pico Queimado – uma pequena caminhada com vistas incríveis

O Pico Queimado é uma das várias pequenas montanhas mas centrais da ilha de São Miguel, originadas a partir de várias crateras. Este trilho TM02 existe há muito tempo, no entanto, e por algum motivo, parece ter sido esquecido ultimamente.

Sinal antigo no trilho TM02
Sinal antigo no trilho TM02

Nós, pessoalmente, achamos que não é justo, de todo. Não encontrará muitos outros locais que ofereçam uma vista panorâmica como esta, sobre o centro de São Miguel. Para ter uma ideia, mostraremos um pouco do caminho aqui. A propósito, nós tiramos estas fotos no meio do verão, e não encontramos nenhuma pessoa durante o percurso.


Se gosta dos Açores, e gostava de passar algum tempo em São Miguel, teremos todo o gosto de recebê-lo na nossa casa de férias. Saiba mais aqui. Se tem alguma dúvida, sugestões ou pedidos especiais de publicações, entre em contato connosco através dos detalhes fornecidos aqui.

Ponto de partida para o Pico Queimado

O parque de estacionamento mais próximo é um pequeno local ligeiramente a norte da entrada do caminho. Nós não encontramos outros espaços para estacionar sem bloquear as áreas de entrada de veículos dos campos lá existentes. O lado positivo é que já se consegue obter uma vista boa do Pico Queimado do parque de estacionamento.

Pico Queimado
Pico Queimado

Caminhe com cuidado ao longo do lado da curva, porque é uma curva em que a visibilidade é reduzida, podendo os condutores não o ver a tempo.

Caminho de volta do Pico Queimado
Caminho de volta do Pico Queimado

Felizmente, o caminho não é muito longe, e encontrará rapidamente o caminho à esquerda. O percurso desde o estacionamento até ao caminho tem apenas 4,6km de extensão. Nós andamos devagar, inclusive fizemos algumas pausas, e levamos cerca de 2,5 horas. A elevação de 270m não é muito percetível. A propósito, o ponto mais alto tem cerca de 375m de altura, de acordo com o nosso GPS.

O caminho para o cume

Assim que alcançar o caminho, vai passar, primeiro por uma casa e rapidamente encontra a floresta. No início, o caminho assemelha-se a uma ravina, que foi escavada na montanha ao longo do tempo.

Caminho para o Pico Queimado
Caminho para o Pico Queimado

Dabei wandelt sich die Erscheinung des Weges immer wieder. Teilweise im Wald, dann wieder entlang der Felder, offen am Berg oder gerahmt von Heide. Nach ca. einem Drittel führt der Weg durch mehr oder weniger eingefallene Gatter, die früher wohl mal Tiere abhalten sollten.

Cavalo no caminho do Pico Queimado
Cavalo no caminho para o Pico Queimado

Existem alguns pontos ao longo do caminho que mostram, realmente, como este foi esquecido. Contudo, talvez seja essa a razão que o torna tão bonito!

Vista das montanhas ocidentais no caminho para o Pico Queimado
Vista das montanhas ocidentais no caminho para o Pico Queimado

A meio do caminho, encontrará duas fendas profundas, de origem vulcânica, no chão da floresta.

Fenda na Montanha junto do Pico Queimado
Fenda na montanha junto ao Pico Queimado

O último terço do percurso até ao cume leva-o, também, pela floresta. Aqui pode observar, também, algumas árvores especiais, como por exemplo:

Árvore com um furo no Pico Queimado
Árvore com um furo no Pico Queimado

Não podemos dizer como o furo apareceu lá, mas as árvores estão cobertas de musgo devido à elevada humidade, que escondem, uma atmosfera muito especial. Não muito longe daqui, o caminho está rodeado por hortências, que o leva até ao cume.

Hortências que o acompanham no percurso até ao Pico Queimado
Hortências que o acompanham no percurso até ao Pico Queimado

O Cume

Embora o Pico Queimado não seja terrivelmente alto, tem uma localização privilegiada oferecendo uma vista sobre o centro de São Miguel. Consegue ver tudo, desde a Ribeira Grande, as montanhas ocidentais como o Pico da Cruz, e as menores montanhas centrais, até Ponta Delgada.

Do cume, o caminho leva-nos um pouco mais longe ao redor da cratera e termina no interior da própria. Pode descer um pouco. O caminho encontra-se um pouco desgastado, e os troncos das árvores que servem como degraus estavam soltos quando estivemos lá da última vez. No entanto, nada disto é um problema se tiver cuidado!

Next Post

Previous Post

© 2021 Os Açores – São Miguel

Theme by Anders Norén  Powered by Quasiris GmbH